Opiniões dos Leitores

Abaixo, reuni algumas das opiniões dos leitores a respeito do livro Anjo Negro.

 

••♥••

 

Clube do Farol – Danii

Sabe o lado bom de ler um livro de romance LGBT mesmo sendo uma guria hétero e completamente iludida? Você pode multiplicar o seu amor platônico por dois!

(…) Anjo Negro me surpreendeu bastante, porque vai além de ser um simples romance, é um livro que é bem abrangente, desde romance com autodescobertas e aceitação, até gangues, brigas, bullying, entre muitas outras questões. E uma das coisas que eu mais gostei foram os personagens que fugiram dos estereótipos.

(…) Anjo Negro é um livro curto, mas que mesmo assim atinge pontos da nossa sociedade que muitas pessoas ignoram, traz a tona muitas coisas que, muitas vezes, preferimos fechar os olhos e fingir que não existem, mas existem e ignorar não resolve nada, só acumula como uma bola de neve rolando ladeira abaixo. É um livro que te faz sentir um redemoinho de sentimentos e sensações, você fica com raiva, mas depois suspira com algo que acha fofo. Então se você quer ler um romance LGBT nacional que te faz sentir e refletir suas próprias atitudes, esse livro é mais do que indicado.

Conheça a versão completa da resenha no blog: Clube do Farol

 

••♥••

 

Yue-chan

A história parece ser só mais um clichê colegial, mas esse livro foi uma agradável surpresa. Com uma escrita leve a história se desenrola de maneira envolvente e quando eu vi já estava me lamentando por estar nas últimas páginas. É um clichê sim, mas é uma delícia de acompanhar, ver o relacionamento dos dois evoluir e torcer por eles.

Conheça a versão completa da resenha no blog: Os Delírios de Uma Livrólatra

 

••♥••

 

Kamy Jaganshi

Primeiro, que capa é essa? Já amei por aí, depois vem a sinopse querendo roubar meu coração e por ultimo o próprio livro já termina com todo o trabalho! Amei tanto que acabei terminando em um dia só, rs. Para começar, Lyan escreve muito bem e consegue te envolver rapidamente. Os personagens são muito bem feitos e consegui ver eles em forma de anime em minha cabeça.

Meu pequeno Lucio (com todo respeito ao Kenan), é a coisa mais fofa que já vi. Me apaixonei por ele de cara, não só por seu jeito tímido, mas por ver que ele não é como todos os que vemos por aí que apanha, é esculachado e por aí vai. Ele fica sim na sua, não por medo dos outros, mas por medo dele próprio.

E esse Kenan? A primeira vista é o pior delinquente que todos poderiam ver em suas vidas, mas no fundo tem um coração grande. Claro que amei seu jeito desbocado, livre e sarcástico, impossível não amar.

Podemos dizer que serão para sempre um dos casais dos meus sonhos. Estou apaixonada eternamente por eles!

Agora… Porque o livro teve que acabar?

Conheça a versão completa da resenha no blog: Universo de Kamy

 

••♥••

 

Elvis Henrique

Eu adorei essa história, adorei a escrita do autor, uma escrita rápida e viciante, em momento algum me senti entediado. Adorei os personagens, me envolvi com eles e não queria que a história acabasse, não queria me separar deles. Adorei os protagonistas e a relação de amor e ódio deles. Adorei a personalidade, Kenan que a primeira vista parece um rebelde sem causa, mas que tem motivos pra ser do jeito que é e eu o adorei mesmo não gostando desse tipo de personagem. Lucio é um garoto timido, mas que esconde segredos obscuros e que a primeira vista se mostra muito diferente do que é.

Essa história me envolveu muito. O único ponto que eu acho é que a história poderia ser mais explorada, as relações familiares também. Essa história ainda tem muito a contar. Dou 5 estrelas e favorito.

Originalmente postado no Skoob.

 

••♥••

 

Adriana Mellado

O livro é algo muito delicado, dedicado a um público maior de 18 por conter cenas bem fortes, mas não vulgariza em nenhum momento a obra. Muito bem escrito, no final eu queria mais, ficaria com certeza mais tempo envolvida nessa estória. Mas entendi que o escritor queria passar a sua mensagem.

Conheça a versão completa da resenha no blog: Comenta Livros

 

••♥••

 

Thais C. Lopes

A história do livro é bastante simples, mas extremamente encantadora, os personagens principais são fáceis de se relacionar e em pouco tempo você já está torcendo pelo envolvimento deles. No início, o número limitado de páginas me incomodou, acreditei que o tempo curto de duração da narrativa, que se passa em uma semana, seria pouco para o desenvolvimento do casal, mas o autor consegue pontuar fatos importantes nesse espaço e a história se desenrola sem problemas. Porém eu realmente gostaria de ter mais páginas, tudo termina com aquele gosto de quero mais, espero que o autor ainda tenha algo para contar de personagens tão cativantes.

Originalmente postado no Skoob.

 

••♥••

 

Blog Jovens Escritores – Ailton Sena

Serei sincero. Ler algo que te faz lembrar de parte das experiências que você teve ao longo da vida pode ser tanto destruidor quanto enriquecedor. (…) Os diálogos são muito bem escritos. É impossível ler uma frase impactante e não parar alguns segundos para refletir sobre a mensagem que aquilo está realmente passando. A movimentação dos personagens, principalmente em cenas de ação, consegue nos deixar ansiosos para o evento seguinte que isso desencadeará.

(…) Sempre quando uma ofensa desse tipo fere alguém, é um fragmento do futuro que você está destruindo, e é isso que vemos acontecer com Lucio. Assim como Kenan, ele também já se acostumou com o preconceito, mas ele encara de uma forma totalmente diferente. Ele se fecha, não só para o mundo, mas para as pessoas ao seu redor, e ele não percebe o quanto isso está sendo autodestrutivo para si mesmo, até que Kenan surge e abre os seus olhos para o exterior.

(…) Ao contrário de tudo o que imaginei, o final é o ápice da trama. É tão surreal que você não acredita que está mesmo acontecendo. Eu poderia especular outras dezenas de finais, mas nada que pudesse se comparar a esse.

~ Resenha escrita por Ailton Sena.

Conheça a versão completa da resenha no blog: Jovens Escritores

 

••♥••

 

Augusto A. Lincon

Acabei de ler teu livro e é, sem dúvidas, o melhor romance que minha pessoa leu até hoje! Lindo, emocionante; os personagens parecem que estão vivos; a maneira como narrou encantou-me. Ganhou um fã! Que venham novas histórias!

Eu gostei logo de cara do livro pela escrita agradável e belamente enriquecida, mas o que me levou a adquiri-lo de imediato foi o gatilho mental que me prendeu com o mistério do que havia por trás da franja vermelha do Lúcio. Amei ao ler, fiquei encantado, vibrei, torci pelo Kenan e pelo anjinho… E a leitura ficava cada vez mais convidativa.

Eu recomendo o Anjo Negro, não apenas por haver marcado a minha pessoa e deixado um gostinho de “quero mais”, recomendo-o porque este livro nos remete aos nossos tempos do colégio; porque ele fala de um amor que protege; porque ele fala de um amor que acontece gradualmente e com realismo; porque é um a obra intrépida, revolucionária, coerente e, do tipo de história que molda nossos corações.

Eu recomendo-o do fundo do coração.

Originalmente postado no Facebook (primeiro parágrafo) e no Skoob (demais parágrafos)

 

••♥••

 

Aline Belloni

Esse é um daqueles romances que te fazem sentir várias emoções, desde alegria a tristeza, amor e ódio. Como se você estivesse acompanhando tudo de perto e quando isso acontece, meus caros, é perfeito! Mas a história não fica apenas no romance, não. Tem cenas de brigas entre “gangues” — que me surpreenderam e muito — e também fala um pouco sobre a família dos personagens principais e seus passados.

Esse foi meu primeiro contato com um livro de romance gay e sinceramente? A-M-E-I. Sua escrita, a fluidez da história, tudo foi muito bem feito. O autor conseguiu fazer em 132 páginas, o que muitos não conseguem em 400, que é prender a minha atenção do começo ao final. E quando isso acontece, meus queridos, eu panfleto mesmo, rsrsrs.

Conheça a versão completa da resenha no blog: Aline Belloni – Um Blog para Apaixonados por Livros

 

••♥••

 

As 1001 Nuccias – Gabrielle

Recebi o livro de Lyan com a premissa de que seria um romance LGBT, mas ele é muito mais que isso.

“Anjo Negro” é um livro sobre descobertas, aceitações, medo e amor, algo que todos nós sentimos não importando o gênero.

O romance de Kenan e Lucio é bem mais que um romance adolescente. Eu, como uma amante de David Levithan – que é um mestre em me fazer chorar com romances LGBT – amei a forma sutil como a sexualidade deles foi colocada, além de sentir que realmente é dessa forma que adolescentes tratam o diferente.

~ Resenha escrita por: Gabrielle (Gabs)

Conheça a versão completa da resenha no blog: As 1001 Nuccias

 

••♥••

 

Yaoi Brasileiro – Henrique

Você já percebe pelo começo da historia que os personagens começam com um clima pesado e é inevitável que sua raiva vá para o Kenan por ele ser grosso e estúpido sem motivo algum com o colega que ele mal conhece, mas você também sente um pouco de raiva pelo Lucio por ser um garoto fechado que recebe tudo de cabeça baixa engolindo tudo. (…) Recomendo porque amo histórias que envolve tema de escola e romance de colegas de sala, o que me impressionou que durante a história ele vai ficando mais tenso e a qualquer momento os personagens correm perigos, os “bullinadores” são valentões da escola e lá fora tem uma gangue perigosa.

Conheça a versão completa da resenha no blog: Yaoi Brasileiro

 

••♥••


Leia o 1º Capítulo
 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *